[Fechar]

.....
.....
expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

DUPLA É PRESA COM ARMA DE FOGO

As equipes da UPC da área portuária prenderam dois indivíduos que estavam armados com uma arma de fogo tipo revolver. A dupla estava em um veículo e foi abordada próximo a praça da juventude na área portuária.
Alexandre Neto Pereira, 18, vulgo Xandi, e Rosiraldo da Costa Moreira, 21, vulgo Rosi ou boca de lata, foram abordados quando trafegavam numa pick up strada placas NER 7286 pertencente ao senhor Raimundo Antonio Almeida Pereira que é pai do Rosiraldo boca de lata.
Durante a busca feita pelos policiais no veículo, foi encontrado um revólver calibre 38 com 05(cinco) cartuchos intactos. Xandi assumiu ser o dono da arma e informou aos policiais que adquiriu a arma por R$ 1.000,00 de um indivíduos que veio de Belém e que se não fosse preso ele iria matar o Salomão Bentes Junior, vulgo Junior da Brasília que foi preso por uma equipe do 4º batalhão no dia 09/10/2013 por furto, receptação e tráfico de drogas. Segundo Xandi, Junior teria dado dois tiros atrás dele no ultimo domingo e como ele tinha informações de que o Junior estava no pagode ele estava seguindo pra lá para fazer o serviço.
Os policiais da UPC, SGT J da Silva, os SD's A Reis, Kelvin, Raulilson e Pelaes estavam na abordagem comandados pelo oficial de área do 4º batalhão o tenente Uchôa. A dupla foi apresentada na central de flagrante de Santana juntamente com a arma de fogo para as providências cabíveis.
Rosiraldo Moreira, conduzia o veículo

Alexandre Neto, vulgo Xandi, assumiu ser o dono da arma



Salomão Junior, vulgo Junior da Brasília. Seria morto por Xandi


veículo usado pela dupla



quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

QUADRILHA PRESA COM ARMAS DE FOGO

Por volta das 16 horas desta quarta feira, 22/01, uma quadrilha foi presa em Santana com três armas de fogo. Cinco indivíduos foram presos, um deles inclusive tem um mandado de prisão em seu desfavor.
A equipe comandada pelo SGT Aldemilson prendeu os indivíduos depois de uma denuncia anonima. Marcio da Conceição Carvalho, 30, de Tucuruí, Pará; Sandro da Trindade Vieira, 25, chegou hoje de Belém; Junielson de Almeida Pantoja, 37, é de Macapá e tem um mandado de prisão em seu desfavor, segundo ele por porte ilegal de arama de fogo; Roberto dos Santos Pinheiro, 50, também chegou hoje em Santana vindo do Pará e Leonaldo Castro Pureza, 42, é do município de Santana.
Uma mensagem no celular de Junielson mostra que a quadrilha tem mais integrantes. Sem duvida a intenção da quadrilha era fazer assaltos no estado. Todos foram apresentados na central de flagrantes de Santana.










Leonaldo Castro e Roberto Santos

Marcio Conceição

Sandro Trindade

Adicionar legenda



segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

IDOSA É PRESA VENDENDO DROGA

Uma senhora de 66 anos de idade foi presa por estar vendendo droga em Santana.
A equipe de rádio patrulha do 4º batalhão comandada pelo SGT Kleber Picanço foi acionada pela central do batalhão para averiguar a informação de que estariam vendendo droga na área de ponte da avenida brasília no bairro hospitalidade.  
Ao chegar no local a equipe encontrou o jovem Geanderson Silva Correia, 19, que saía da "boca" após comprar uma "cabeça" do produto. Depois de abordar Geanderson a equipe abordou a senhora Maria das Graças Matias da Silva, 66, que entregou as embalagens de droga. Foram apreendidos 5 papelotes de substância supostamente entorpecente tipo pó branco e mais duas porções de substância supostamente crack.  Foram apreendido dois aparelhos celular e R$ 161,00, em cédulas de 5  e 2 reais. Maria disse que é pensionista e recebe um salário mínimo. Todos foram conduzidos para a central de flagrantes de Santana.

Maria das Graças, 66 anos

o dinheiro apreendido

a droga apreendida

Geanderson, 19, estava comprando a droga


sábado, 18 de janeiro de 2014

CRIANÇA É VÍTIMA DE "BALA" PERDIDA

Por volta das 15 horas deste sábado, 18/01, uma criança de 12 anos de idade foi atingido por uma "bala perdida". O tiro atingiu a região occipital (nuca).
O menor L.O.C., 12, estava com o seu pai na rua Jose de Anchieta com a avenida Costa e Silva quando foi atingido por um tiro. Segundo testemunhas o tiro foi disparado por Joel Marques Pinheiro, 19, vulgo Erê. Ele atirou contra Ailson Silva e Silva, 21, e Michel Martel Dias,19. Erê errou o tiro que atingiu o menor que estava a uma quadra do local do disparo. O menor foi socorrido por populares e depois do primeiro atendimento no H. E. de Santana foi transferido em uma ambulância do SAMU para Macapá.
A equipe de rádio patrulha comandada pelo SGT Emanoel fez diligência no local e conseguiu prender Erê. A arma utilizada no crime não foi encontrada. Er^foi apresentado na central de flagrantes de Santana.

o menor sendo transferido pra Macapá



Erê, o autor do disparo

o RX mostrando o projétil

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

DUPLA É PRESA COM "CRACK"

Por volta das 23 horas desta quinta feira(16/01), policiais do 4º batalhão prenderam uma dupla acusada de tráfico de drogas.
Gerfesom Deiveson Silva de Souza, 23, vulgo Gefinho e Luiz Henrique Silva de Souza, 20,  que apesar do sobrenome parecido dizem que não se conhecem, foram presos em uma abordagem da equipe de rádio patrulha do 4º batalhão comandada pelo SGT Fernando Sousa. O tenente Pompeu, oficial de área do batalhão, informou que na abordagem Luiz Henrique estava com uma porção da droga e levou os policiais em outro local onde estava o restante da droga. Gefinho estava no local e também portava uma porção de droga supostamente crack que totalizou 160 gramas.
No kit net localizado na rua Presidente Kennedy no bairro hospitalidade os policiais encontraram droga e material para embalagem. Também foi encontrado pelos policiais alguns aparelhos celular e R$ 170,00.
Gefinho já esteve no IAPEN por pelo art. 157(roubo) e também responde pelo crime de furto.



Luiz Henrique

Gerfesom Deiveson, vulgo Gefinho

ROUBO COM REFÉNS - NEGOCIAÇÃO

video

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

ROUBO COM REFÉM

Por volta das 17 horas  de hoje(15/01), aconteceu mais um roubo frustado no município de Santana. Edinaldo Brito Aimoré, 29, vulgo capaçal, na companhia Ivanes de Souza Rodrigues, 35, foram presos por policiais do 4º batalhão após tentarem roubar uma loja e fazerem a proprietária e duas funcionárias reféns.
Capaçal informou aos policiais que seu objetivo não era de roubar a loja. Eles estava andando naquela área a procura de um desafeto na tentativa de matá-lo. Uma equipe de rádio patrulha do 4º batalhão fazia ronda no local, então capaçal foi se esconder na loja e como os policiais perceberam a movimentação ele fez um disparo contra a equipe pra mostrar que estava armado.
O oficial de área do 4º batalhão, tenente Pompeu e o SGT Ferro fizeram a negociação que teve a ajuda de uma irmão de capaçal.
Capaçal fugiu do IAPEN no dia 17 de dezembro do ano passado e informou que está condenado a 16 anos de prisão e ainda responde por um roubo a agencia dos correios no bairro santa Rita em Macapá.
As equipes de rádio patrulha do 4º batalhão tiveram o apoio de duas equipes do batalhão de operações especiais(BOPE).
Capaçal estava armado com um revolver calibre 38 com três cartuchos sendo dois intactos e só o estojo, já que ele efetuou um disparo. A suspeita de que a arma pertença a polícia civil do Amapá.




comparsa de Capaçal no momento que se entregava







Edinaldo Brito Aimoré, o Capaçal

Ivanes Souza, comparsa de Capaçal

a arma usada por Capaçal

sábado, 4 de janeiro de 2014

4º BATALHÃO RECUPERA MOTOCICLETA FURTADA

Uma equipe da UPC da área portuária de Santana, recuperou uma motocicleta furtada. O furto aconteceu no dia 31/12 passado e estava dentro de uma balsa com destino a um município do estado do Pará.
Em uma fiscalização no porto de Santana os policiais da UPC da área portuária verificaram uma motocicleta e quando solicitaram a documentação perceberam que havia algo de errado com a documentação do veículo. A motocicleta yamaha factor YBR 125 de cor preta estava com a placa NSO 0443 - PA. mas a placa original é NEY 2231. A motocicleta foi furtada quando estava estacionada na frente do teatro das bacabeiras em Macapá.
Outro detalhe que chamou a atenção foi a possível remarcação do número do motor e do chassi da motocicleta.
O proprietário da balsa informou que uma pessoa deixou a motocicleta na balsa e uma outra pessoa iria recebe-la em Porto de Moz no estado do Pará. O gerente da balsa foi apresentado como testemunha juntamente com a motocicleta na central de flagrantes de Santana.

motocicleta com a placa adulterada


chassi com numeração adulterada

a numeração correta no documento ariginal


documentação do Pará mas o lacre era do Piauí